Pedidos de patentes apresentam crescimento de 6% no ano passado

Publicado por: CGCOM
Última atualização em Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2013 11:43 Imprimir PDF 
Acessos: 2013
Apesar das incertezas globais, o cenário da inovação permanece em alta no Brasil. Incluindo estrangeiros e nacionais, os pedidos de patentes cresceram 6% entre 2011 e 2012, passando de 31.765 para 33.780. Os números do ano passado são preliminares e, portanto, o crescimento final pode ser maior ainda.Os números de pedidos vem subindo desde 2010, após a queda observada entre 2008 e 2009 devido ao primeiro impacto da crise econômica internacional. Desde 2009, o aumento acumulado nas solicitações de patentes chega a quase 30%.

Alguns fatores são determinantes para este cenário. Um deles é o aumento da produção de inovação no Brasil, seja por centros de pesquisa estrangeiros atraídos ao País ou por empresas, universidades e institutos de pesquisa que atuam em inovação. Neste último caso, o INPI tem trabalhado em diversas ações de conscientização para que estes grupos percebam a importância da propriedade intelectual e passem a usá-la.

Como forma de estimular ainda mais os pedidos de patentes nacionais, especialmente de pequenos e médios empresários, o Instituto lançará este ano o e-Patentes, sistema que tornará as solicitações muito mais simples. Com o novo sistema, será possível pedir a patente e acompanhar o processo via Internet.

Confira aqui as estatísticas de anos anteriores.

Conheça o e-Patentes e todos os seus módulos (depósito, parecer, carta-patente, etc).